domingo, 12 de outubro de 2014

BOLO DE FUBÁ QUEIJADINHA



Ingredientes:
                - 04 ovos
                - 02 xícaras (chá) leite
                - 03 xícaras (chá) açúcar
                - 3/4 xícara (chá) óleo de milho
                - 1/2 xícara (chá) amido de milho
                - 1.1/2 xícaras (chá) farinha de trigo
                - 2.1/2 xícaras (chá) fubá 
                - 1.1/2 xícaras (chá) coco ralado
                - 3/4 xícara (chá) parmesão ralado
                - 01 colher (sopa) fermento em pó

Modo de fazer:
                Bate os 4 primeiros ingredientes no liquidificador por 1 minuto, ainda ligado vá acrescentando o amido, a farinha e o fubá aos poucos misturando bem, depois adicione o coco e o parmesão, por último o fermento em pó e desligue. Despeje em uma assadeira de furo central grande e untada e leve ao forno pré-aquecido 200°C por 50 minutos ou até dourar. Espere esfriar para desenformar, espalhe a cobertura e sirva a seguir ou sirva gelado.

Cobertura:
               - suco de 1/2 limão
               - 05 colheres (sopa) açúcar de confeiteiro

Modo de fazer:
                 Misture os ingredientes e espalhe sobre o bolo frio.  

domingo, 21 de setembro de 2014

ALIMENTAÇÃO DURANTE A GESTAÇÃO



A nutricionista Priscila Rosa, da Equilibrium, consultora da Basilar, explica que durante a gravidez a mulher precisa de uma alimentação balanceada e nutritiva.

Neste período, o organismo da mulher está a todo vapor e esse é um dos motivos para fazer refeições completas, compostas por ingredientes de todos os grupos da pirâmide alimentar: carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e fibras. “O macarrão é uma opção prática e saborosa de carboidrato. Além disso, a massa conta ainda com vitaminas do complexo B e outros minerais como magnésio”, diz Priscila.

Segundo a nutricionista, para as grávidas prepararem um prato de macarrão ideal é preciso incluir acompanhamentos, como saladas com verduras e legumes bem coloridos, proteína animal magra (filé de frango grelhado) e grãos (feijões ou leguminosas). “Assim como as frutas, esses alimentos são ricos em vitaminas, minerais e fibras, essenciais para uma gestação saudável. Outra opção de combinação com a massa são as sementes oleaginosas, como as castanhas”, ressalta a nutricionista.

Para amenizar os enjoos, que podem ocorrer principalmente no início da gravidez, a dica é comer sempre pequenas porções e não passar grandes intervalos em jejum. “Evitar excessos de doces, açúcares e gorduras saturadas, frituras e condimentos é uma forma de contribuir ainda mais para uma gestação saudável”, complementa Priscila.

Além da massa como fonte de carboidrato, a nutricionista explica o que não pode faltar na dieta das grávidas:

- Proteína: indispensável para o desenvolvimento das células do bebê e para a placenta. É encontrada principalmente em carnes, ovos, leite e leguminosas como feijão, soja, grão de bico, lentilha e ervilha.
- Cálcio: essencial para formação óssea do feto e para a contração muscular. Os alimentos ricos em cálcio são leite, iogurte, queijo, gergelim e alguns vegetais como brócolis. O iogurte favorece ainda o crescimento da flora bacteriana intestinal que aumenta as defesas do organismo, diminui a formação de gases e auxilia o funcionamento do intestino.
- Vitamina D: ajuda na formação das células e no desenvolvimento de ossos e dentes da criança. Suas principais fontes são gema de ovo, fígado, leite, manteiga, margarina, vegetais verdes escuros e amarelos.
- Vitamina C: esta vitamina é de grande importância para o desenvolvimento, construção e reparação dos tecidos, na cicatrização, no crescimento e desenvolvimento ósseo do bebê. As melhores fontes de vitamina C são frutas (laranja, mexerica, limão, acerola, kiwi, cereja, caju, morango e tomate), batata, repolho e tomate. A dica para melhor aproveitar esse nutriente é consumir sucos feitos na hora!

- Ferro: importante na formação das células do sangue. Fontes: carnes vermelhas e vísceras como bife de fígado, leguminosas (feijão, lentilha, etc.), legumes e verduras verdes escuras e ovos. A ingestão de sucos ou alimentos ricos em vitamina C, por exemplo, kiwi e suco de laranja, junto às refeições, melhora a absorção de ferro no organismo.
- Vitamina A: ajuda na formação das células e no desenvolvimento de ossos e dentes da criança. Fontes: gema de ovo, fígado, leite, manteiga, margarina, vegetais verdes escuros e laranja (cenoura e rúcula) e frutas de cor alaranjada, como mamão e manga.
- Ácido fólico: o nutriente ajuda na formação das células brancas e vermelhas do sangue. É essencial durante a gestação para ajudar na produção aumentada de sangue, necessária para o feto e a placenta. Também auxilia na formação do material genético de cada célula. Para reter esse nutriente, a nutricionista sugere vegetais verdes escuros, fígado, gema de ovo, abacate, abóbora, melão, cereais integrais e gérmen de trigo.
- Ômega 3: é um ácido graxo (gordura) importante para o desenvolvimento e formação do cérebro do bebê. Suas principais fontes são óleos vegetais, semente de linhaça e peixes de água fria, como sardinha, arenque e salmão.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

MACARRÃO GRAVATA AO CREME DE RICOTA E BACON






Ingredientes:
               - 500 gramas massa tipo gravata cozida al`dente
               - creme de ricota com bacon
              
Creme de ricota com bacon
                - 100 gramas de bacon em cubinhos
                - 250 gramas de ricota amassada
                - 01 caixinha creme leite
                - 1/2 xícara (chá) nozes picadas
                - sal a gosto 

Modo de fazer:
                  Frite o bacon na própria gordura, ao dourar acrescente a ricota envolvendo bem, depois adicione o creme de leite e o sal, desligue o fogo, coloque as nozes, despeje sobre a massa cozida e sirva a seguir.


sábado, 13 de setembro de 2014

NAPOLITANO NA TAÇA



Creme de chocolate
Ingredientes:
                        - 02 colheres (sopa) chocolate em pó
                        - 02 colheres (sopa) achocolatado em pó
                        - 01 colher (sopa) margarina
                        - 1/2 lata leite condensado
                        - 1.1/2 xícaras (chá) leite
                        - 01 colher (sopa) amido de milho
                        - 01 caixinha de creme e leite

Modo de fazer:
                        Leve todos os ingredientes(exceto o creme de leite) ao fogo mexendo sempre até engrossar, desligue, acrescente o creme de leite, mexa bem e espere esfriar.

Creme branco
                        - 06 colheres (sopa) leite em pó
                        - 1/2 lata leite condensado
                        - 01 caixinha creme leite

Modo de fazer:
                        Bata os ingredientes na batedeira por 2 minutos.

Geleia de morango
                        - 04 xícaras morangos picados
                        - 01 xícara (chá) açúcar

Modo de fazer:
                        Leve os ingredientes ao fogo, mexa às vezes, por 5 minutos, desligue e espere esfriar.

Montagem
                        Em tacinhas individuais coloque uma camada de creme de chocolate, outra de creme branco e por último a geleia de morango, leve à geladeira por 1 hora antes de servir.

domingo, 24 de agosto de 2014

SUCOS FUNCIONAIS



Todo mundo sabe que os sucos naturais são uma opção gostosa e saudável para o calor, que hidratam e ainda fornecem ao corpo diversas vitaminas e minerais. Mas usando certas combinações, é possível tirar o máximo desses nutrientes e ainda aproveitá-los para objetivos específicos: de curar uma ressaca a queimar calorias...

Suco de laranja com cenoura
Se você quer ficar com um bronzeado bonito e deixar a pele saudável, este é o suco. Também é fonte de vitamina A e C, que em conjunto são ótimas para os olhos, pele, unha e cabelo.

Suco de framboesa, amora, morango e água de coco
Estas frutas são alimentos compostos de bioativos com ação antioxidante e anti-inflamatória, a ingestão constante desse suco reduz o envelhecimento da pele, ficando com a aparência mais jovem, " pele de bebê".

Água de coco, limão e hortelã
Este suco e para curar a ressaca. Como o álcool desidrata, o primeiro passo é devolver água ao corpo. A água de coco é um isotônico natural que hidrata melhor que a própria água, o limão e a hortelã tem propriedades desintoxicantes.

Melancia, gengibre e chá vermelho
Este suco tem o objetivo de acelerar o metabolismo, é indicado para quem quer emagrecer. A melancia aumenta a sensação de saciedade, o gengibre ajuda a queimar a gordura e o chá vermelho combate o inchaço e acelera a queima de gordura.

Maçã, gengibre, glutamina e água de coco
Este suco aumenta a imunidade. A maçã reduz o risco de doenças vasculares e certos tipos de câncer. O gengibre protege o corpo de fungos e bactérias. A água de coco complementa, oferecendo boas quantidades de potássio, sódio, fósforo e cloro. A glutamina é um aminoácido muito usado por atletas e é facilmente encontrado em farmácias e serve de nutrientes para as células imunológicas, se você não quiser utilizá-lo, não é obrigatório.

Açaí, água de coco e maracujá
Este suco melhora o estresse. O açaí é um fruto com grande poder energético e estimulante. O maracujá tem poderes sedativos e até baixa a pressão. A água de coco fortalece o coração e outros músculos.

Abacaxi, hortelã, chá verde e gengibre
Este suco combate a celulite. A combinação do chá com o abacaxi tem fortes propriedades diuréticas. A hortelã tem propriedades desintoxicantes. O gengibre acelera o metabolismo e a queima a gordura.



MACARRÃO NA DIETA


Cortar alimentos com glúten da dieta não garante perda de peso

Proteína presente em produtos feitos de trigo, como as massas, é proibida apenas para celíacos e para aqueles que sofrem de alergia e intolerância à substância

Nas dietas mais recentes, o glúten é apontado como grande vilão da perda de peso. Ele nada mais é do que uma proteína presente em cereais como trigo, centeio, cevada e aveia e nos alimentos feitos com esses cereais, como é o caso das massas. Uma dieta sem essa proteína é indicada somente para quem tem intolerância à substância, alergia ou, ainda, aqueles que sofrem da Doença Celíaca, como explica Alessandra Godoy, nutricionista da Equilibrium, consultoria da Basilar, marca de massas líder em vendas no interior de São Paulo que completa 50 anos em 2014. “O glúten em si não engorda e a ciência ainda não comprovou que ele seja prejudicial para indivíduos não celíacos, ou que possuam alergia ou intolerância ao glúten”, diz Alessandra.

A verdade é que a perda de peso causada pela exclusão do glúten da alimentação vem da restrição nos alimentos ingeridos e a consequente redução na ingestão calórica diária. “Ao retirar alimentos com glúten a pessoa naturalmente vai consumir menos calorias, pois grande parte da alimentação natural é composta por estes alimentos”, explica Alessandra. “Mas não é o glúten que causa ganho de peso e sim os acompanhamentos gordurosos e calóricos consumidos juntos que podem dificultar o emagrecimento”, reforça.

O grande problema da dieta que proíbe o consumo de alimentos com glúten é a redução do carboidrato, presente nas massas, por exemplo. Os principais efeitos sentidos por quem restringe o consumo de carboidratos são cansaço, dores de cabeça, sonolência, fraqueza, falta de concentração, tontura e até desmaios.

Manter uma dieta balanceada, com quantidades adequadas de carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais é essencial para o bom funcionamento do organismo. “Os carboidratos presentes nas massas são responsáveis em fornecer nutrientes energéticos necessários para o corpo realizar nossas atividades normais, como andar e trabalhar”, explica a nutricionista.

Consumir macarrão, na quantidade correta e com os acompanhamentos indicados, pode até contribuir na redução do peso. Isso acontece porque a massa combinada com proteínas magras, como peixe ou carne branca, proporciona uma saciedade mais prolongada. Segundo Alessandra, a quantidade ideal média recomendada para um adulto é de dois pegadores de massa (200 gramas do alimento cozido) numa refeição.

sábado, 19 de julho de 2014

FAROFA DE LENTILHA



Ingredientes:
                 - 02 xícaras (chá) lentilha
                 - 01 linguiça portuguesa em cubos
                 - 100 gramas bacon em cubos
                 - 01 xícara (chá) milho verde
                 - 02 tomates maduros em cubos
                 - 01 cebola grande em pétalas
                 - 04 folhas de escarola picada
                 - sal e pimenta a gosto
                 - 02 colheres (sopa) óleo
                 - farinha de mandioca e de milho o suficiente

Modo de fazer:
                 Frite o bacon na sua própria gordura, acrescente a linguiça, ao dourar retire com auxílio de uma escumadeira para escorrer bem a gordura (despreze-a).
                 Numa panela de pressão junte a fritada com a lentilha e o milho, cubra com água, tampe a panela,  leve ao fogo alto, pegou pressão conte 5 minutos, desligue. Escorra toda a água.
                 Em outra panela, frite a cebola, adicione os tomates, ao murchar junte o cozido, tempere com o sal e a pimenta, vá colocando as farinhas aos poucos até ficar com a consistência desejada (pode ser mais seca ou mais úmida), desligue o fogo, acrescente a escarola envolvendo bem à farofa, sirva a seguir.